Blocos de Rega de Vale do Gaio, Convento de São Francisco 3

Durante o acompanhamento de obra associado à execução dos Blocos de Rega de Vale do Gaio, identificaram-se possíveis contextos arqueológicos entre os PK 1+337,50 e 1+460 da C1 de Alvito Baixo. Foi então programada a realização de 8 sondagens arqueológicas no sítio do Convento de São Francisco 3, para caracterização das diferentes realidades presentes na área de afectação de obra.

Num total de 72.75 m2, estes trabalhos foram adjudicados à ERA-Arqueologia pela EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva, S.A. e decorreram entre os dias 16 de Junho e 21 de Julho de 2015.

As realidades citadas caracterizaram-se por alguma diversidade de contextos, designadamente, algumas estruturas de carácter moderno/contemporâneo, fruto de uma ocupação moderna/contemporânea destes terrenos agrícolas, na proximidade do Convento de S. Francisco (sondagens 1, 4 e 5).

Verificaram-se também estruturas negativas de provável cronologia pré-histórica, nomeadamente, uma estrutura negativa tipo fossa, na sondagem 3, e uma estrutura tipo hipogeu, na sondagem 2, uma estrutura negativa interpretada como paleocanal com materiais calcolíticos (sondagem 8) e algumas realidades sem carácter arqueológico (sondagens 6 e 7).

Concluídas as medidas de minimização específicas para as ocorrências presentes na área de afectação directa da obra, preconizou-se o acompanhamento arqueológico de todas as acções que envolvessem a remoção de terras durante a execução do projecto.