Rua António da Costa Ascensão, nº 8, Loulé

Os trabalhos arqueológicos de abertura de uma sondagem de diagnóstico no âmbito do projecto de reconstrução do imóvel sito na Rua António da Costa Ascensão, nº 8, em Loulé, foram realizados durante os dias 23 a 26 de Abril de 2013.

Anteriormente, haviam sido identificadas na vala de fundação do novo edifício seis estruturas negativas escavadas no substrato rochoso, composto por caliço, onde era possível observarem-se ossos provavelmente humanos. Assim, a realização desta sondagem de diagnóstico tinha como objectivo a caracterização tipológica e cronológica da estrutura negativa aparentemente melhor conservada (Sepultura 2). 

Concluiu-se, pela análise tipológica, que os contextos identificados durante estes trabalhos pertencem a uma necrópole de época islâmica, e que possivelmente seriam a continuação da necrópole deste período, identificada em 2008, durante os trabalhos arqueológicos realizados no Hospital da Misericórdia de Loulé.

Tendo por base os resultados das datações de radiocarbono efectuadas ao material osteológico proveniente do Hospital da Misericórdia, estamos perante uma necrópole em uso durante os séculos XI e XII. Para além das seis sepulturas identificadas inicialmente no Corte Oeste, surgiram mais duas possíveis estruturas idênticas, elevando assim o número total de sepulturas identificadas no âmbito desta obra para oito.