Aqueduto das Águas Livres, Carenque

Estes labores arqueológicos foram enquadrados no empreendimento de Construção da 2ª Fase da Nova Conduta Adutora entre o R. do Alto de Carenque e o R. das Mercês – Troço entre o R. do Alto de Carenque e a Ribeira da Carregueira e surgiram na sequência do parecer constante na Alteração da Declaração de Impacte Ambiental.

Resultante de uma fase anterior de sondagens arqueológicas de diagnóstico e de prospecções arqueológicas ao longo dos traçados alternativos, a intervenção foi adjudicada à ERA pelo SMAS SINTRA e decorreu no dia 4 de Março de 2013.

Foi realizada uma sondagem de diagnóstico sob o arco do aqueduto, na Rua do Arco, freguesia da Mina. A área da sondagem foi adaptada em função da área disponível na área afecta ao projecto.

Não foram registados contextos/estruturas arqueológicos no decorrer destes trabalhos, apenas contextos remexidos decorrentes da instalação de infraestruturas. Assim, face à natureza da empreitada e ao facto do traçado atravessar uma área de elevada sensibilidade arqueológica, propôs-se como medida de minimização genérica a realização de trabalhos de acompanhamento arqueológico permanente de todas as movimentações de terra.