Acesso ao Forte da Graça – Estacionamento e Infraestruturas Exteriores (Elvas)

Estes trabalhos arqueológicos foram realizados durante a execução da obra de Acesso ao Forte da Graça – Estacionamento e Infraestruturas Exteriores, integrada nas obras de Reabilitação do Forte de Nossa Senhora da Graça. Adjudicados à ERA-Arqueologia pela Senpapor, decorreram entre os dias 25 de Maio e 19 de Junho de 2015.

O plano de trabalhos desenvolvido pela ERA-Arqueologia teve como objectivo o acompanhamento arqueológico de todos os trabalhos de remoção de terras da obra do Caminho de Acesso ao Forte da Graça, desde a sua intersecção com a N246 até à esplanada localizada em frente das Portas de Acesso.

Em síntese, apesar de se terem registado fragmentos de peças de cerâmica na zona do Parque de Estacionamento 3 e na área de implantação do Depósito 2/Parque de Estacionamento 4, não foram identificados vestígios de estruturas positivas ou negativas nas áreas afectadas por esta empreitada. Quanto aos restos de cerâmica referidos, estes poderiam estar relacionados com actividades agrícolas e com a ocupação do forte.

As unidades superficiais, embora actualmente muito afectadas pela actividade agrícola, estariam relacionadas com a construção da esplanada exterior do forte. Por último, a análise da estratigrafia identificada na vala para nivelar o terreno assim e na área do Parque de Estacionamento 4/Depósito 2, permitiu concluir que este local serviu de vazadouro dos militares aquando das demolições das estruturas existentes no Fosso Principal, trabalhos efectuados no momento de abandono do Forte.