Portalegre

Santa Vitória

Na plataforma superior de uma elevação, onde se situa o marco geodésico de Campo Maior, foi possível identificar através de escavações um recinto rodeado por um sistema de fossas escavadas na rocha de base, com ocupação ao longo da 1ª metade do III milénio a.C.

Forte da Graça, Elvas

A ERA integrou, ao nível da arqueologia e da conservação e restauro, a equipa que concretizou para a Câmara Municipal de Elvas um vasto projecto de reabilitação do Forte da Graça.

Quartéis da Faceira da Cisterna

Os dados obtidos durante a realização desta intervenção arqueológica permitiram concluir que todas as unidades estratigráficas registadas nas duas áreas intervencionadas estão associadas à construção e mantimento da esplanada existente frente aos Quartéis e ao uso do local ao longo da sua história.

Ermida de São Pedro, Campo Maior

A intervenção da ERA Arqueologia visou o diagnóstico do potencial arqueológico da Ermida de São Pedro, no âmbito do projecto de valorização e salvaguarda do imóvel desenvolvido pela autarquia.

Anta da Venda, Elvas

A intervenção da ERA Arqueologia na Anta da Venda incluiu trabalhos de carácter arqueológico e de conservação e restauro, no âmbito do Projecto de Valorização e Recuperação do Património Megalítico de Elvas.

Cisterna da Fortaleza de Ouguela (Campo Maior)

Os trabalhos arqueológicos efectuados na Cisterna da Fortaleza de Ouguela enquadraram-se no Projecto de Salvaguarda e Revalorização do Castelo e Fortificações de Ouguela.

Antas de Monte Ruivo e Venda, Elvas

A ERA realizou para o IPPAR um conjunto de trabalhos arqueológicos na Anta do Monte Ruivo, inserido no Projecto de Valorização e Recuperação do Património Megalítico de Elvas.

Antas de Forte de Botas e Valmor e Cabeço do Torrão, Elvas

Em Maio de 1999, a ERA-Arqueologia realizou de trabalhos de limpeza num conjunto de três monumentos megalíticos pertencentes ao Circuito Arqueológico das Antas de Elvas.

Ruínas de Torre de Palma, Monforte

Os trabalhos realizados pela ERA neste sítio visavam diagnosticar o potencial arqueológico da área abrangida pela construção do Centro de Acolhimento e Parque de Estacionamento, de modo a emitir-se um parecer à construção do mesmo.

Igreja Matriz de Campo Maior

A ERA realizou escavações arqueológicas no âmbito do projecto de repavimentação e colocação de um novo altar mor na Igreja Matriz de Campo Maior.

Anta da Azinheira, Montemor-o-Novo - 2ª Fase

Integrada no plano de minimização do impacte da Barragem dos Minutos sobre o património arqueológico desta zona, a segunda fase da intervenção da ERA-Arqueologia na Anta da Azinheira decorreu entre 26 de Março e 26 de Abril de 2001 e resultou na escavação integral do sítio.

Muralha Norte do Castelo de Avis

O objectivo desta intervenção consistiu na aplicação de uma medida de minimização do impacte negativo sobre o património arqueológico das movimentações de terras efectuadas no âmbito da reparação do sistema de drenagem junto à Muralha Norte do Castelo de Avis.

Acompanhamento Arqueológico em São Pedro, Campo Maior

A ERA Arqueologia efectuou o acompanhamento arqueológico de sondagens mecânicas realizadas num terreno da Câmara Municipal de Campo Maior, como medida de minimização do impacte arqueológico da construção de um bairro social.

Villa Romana das Argamassas

Estes trabalhos surgiram em resposta a uma solicitação para realizar um diagnóstico do estado de conservação e potencial científico e patrimonial que informasse do interesse num plano geral de valorização deste sítio arqueológico, de forma a transformá-lo num recurso patrimonial disponível para a comunidade.

Zona histórica de Campo Maior (EDP)

Esta intervenção consistiu no acompanhamento arqueológico na zona histórica de Campo Maior, decorrente da abertura de valas para a instalação de cabos eléctricos, tendo decorrido no âmbito da minimização dos impactes negativos sobre o património, resultantes do revolvimento do subsolo.

Igreja de Nossa Senhora da Assunção – Antiga Sé de Elvas

Estes trabalhos arqueológicos enquadraram-se numa perspectiva preventiva de minimização de impacte, tendo como objectivo a avaliação do potencial arqueológico da área de subsolo a afectar pela execução de uma vala para drenagem periférica à Igreja.

Centro histórico de Campo Maior (3ª Fase)

Realizaram-se duas sondagens arqueológicas como medida de minimização de impacte decorrente de obras de instalação de rede de saneamento básico levadas a cabo pela Câmara Municipal de Campo Maior.

Edifício das Cavalariças no castelo de Castelo de Vide

A intervenção arqueológica no antigo edifício das Cavalariças no castelo de Castelo de Vide ocorreu face às obras de reabilitação desta edificação, as quais determinaram a escavação integral em toda a área afectada.

Centro histórico de Portalegre, Projecto Polis

Estes trabalhos de acompanhamento arqueológico inseriram-se numa perspectiva de minimização de impactes patrimoniais decorrentes de obras relacionadas com o Projecto Polis.

Castelo de Alter Pedroso

Os objectivo genéricos da intervenção foram definidos pela Câmara Municipal de Alter do Chão e visaram a recuperação das muralhas e da capela de S. Bento e o acompanhamento arqueológico das actividades de escavação no sub-solo decorrentes da implantação de cabos de electricidade.

IC13 – Alter do Chão/Portalegre, Chocanal

A intervenção arqueológica realizada no sítio do Chocanal enquadrou-se numa perspectiva de avaliação prévia do potencial arqueológico da zona a afectar pelas obras de construção do IC13 – Alter do Chão/Portalegre.

IC13 – Alter do Chão/Portalegre, Flor da Rosa

Realizada entre 10 e 13 de Abril de 2007, a intervenção arqueológica no sítio da Flor da Rosa enquadrou-se numa perspectiva de avaliação prévia do potencial arqueológico da zona a afectar pelas obras de construção do IC13 – Alter do Chão/Portalegre.

IC13 – Alter do Chão/Portalegre, Herdade do Matinho

Esta intervenção surgiu na sequência do acompanhamento arqueológico da obra, no decurso do qual se identificara uma concentração de pedra associada a fragmentos de telha incaracterística.

IC13 – Alter do Chão/Portalegre, Ribeira dos Canais

Estes trabalhos surgiram na sequência das medidas de minimização propostas no Relatório do Estudo de Impacte Ambiental, tendo os trabalhos de prospecção identificado quatro potenciais sítios arqueológicos em plena área de afectação, entre outros em áreas mais limítrofes.

Herdade da Abrunheira, concelho de Portalegre

A ERA-Arqueologia levou a cabo trabalhos de prospecção e inventariação do património arqueológico e arquitectónico existente na Herdade da Abrunheira, localizada na freguesia de Urra, Concelho de Portalegre

Conduta Calçadinha – Srª da Conceição, Elvas

O acompanhamento arqueológico teve como objectivo principal a minimização de impactes sobre vestígios patrimoniais resultantes dos trabalhos de abertura de valas para a instalação do projecto desta conduta adutora.

Requalificação Ambiental e Paisagística da Envolvente às Muralhas de Elvas

A ERA levou a cabo trabalhos de conservação e restauro das Muralhas de Elvas, nos troços entre as Portas de Olivença e o Baluarte do Trem, estruturas protegidas juridicamente como Monumento Nacional.

Herdade da Abrunheira, freguesia de Urra, concelho de Portalegre

No seguimento de trabalhos decorridos nos anos de 2007 e 2008, realizaram-se trabalhos de reprospecção nos terrenos desta herdade, no âmbito do EIA do Campo de Golfe e Projectos Associados.

Travessa Nova do Espírito Santo/Rua do Touro, Elvas

O acompanhamento arqueológico centrou-se nos trabalhos de remoção de terra para a implantação de infraestruturas de saneamento e de vigas de fundação.

Avenida de São Domingos, Elvas, Recuperação e Reabilitação do troço da Muralha

Estes trabalhos consistiram na abertura de três sondagens de diagnóstico, encostadas ao pano de Muralha, com o objectivo de obter uma leitura estratigráfica e a caracterização do seu processo construtivo.

Conduta Autora do Monte do Zebro e Bairro da Misericórdia, Campo Maior

Estas acções de acompanhamento arqueológico foram realizadas no âmbito das actividades de construção da Conduta Autora do Monte do Zebro e da implementação de novas infraestruturas no Bairro da Misericórdia.

Acesso ao Forte da Graça – Estacionamento e Infraestruturas Exteriores (Elvas)

O plano de trabalhos desenvolvido pela ERA-Arqueologia teve como objectivo o acompanhamento arqueológico de todos os trabalhos de remoção de terras da obra do Caminho de Acesso ao Forte da Graça, desde a sua intersecção com a N246 até à esplanada localizada em frente das Portas de Acesso.

Ermida de São Sebastião, Campo Maior

A Ermida de São Sebastião, ou Ermida do Mártir Santo, caracteriza-se por apresentar uma planta longitudinal de nave única, com sacristia anexa, de cronologia indeterminada, mas sabe-se que foi edificada aquando a construção do baluarte seiscentista (Sec. XVII).

Convento de São Bernardo, Portalegre

As obras de reabilitação estrutural realizadas nos muros perimetrais do refeitório da GNR de Portalegre implicaram a afetação de áreas com potencial arqueológico, já que se desenvolviam na Zona Especial de Proteção dos Claustros e Igreja de São Bernardo.

Largo da Fonte da Vila, 6, Castelo de Vide

Considerando a localização deste edifício, numa zona de elevada sensibilidade arqueológica, numa das áreas mais antigas e intensamente ocupadas da vila de Castelo de Vide, estes trabalhos foram realizados numa perspetiva de diagnóstico arqueológico prévio à empreitada de reabilitação do imóvel..

Muralha de São Domingos, Elvas

Os trabalhos realizados no âmbito do Projeto de Reabilitação do Troço de Muralha existente na Avenida de São Domingos foram alvo de acompanhemnto arqueológico.

Fortaleza de Campo Maior

A ERA levou a cabo a realização de sondagens arqueológicas na zona exterior a Sul da Fortaleza de Campo Maior, onde se implantaria uma urbanização, no âmbito da ação da Câmara Municipal para Realojamento de Agregados Familiares em Situação de Ocupação Ilegal do Espaço Público.