Calçada da Estrela, n.º 24, Lisboa

Estes trabalhos de acompanhamento arqueológico foram adjudicados à ERA-Arqueologia pela Estrela 15 e decorreram entre os dias 13 de Outubro e 18 de Novembro de 2016. Realizaram-se no âmbito da empreitada de reabilitação do imóvel n.º 24 da Calçada da Estrela, em Lisboa.

No decorrer da intervenção foram descobertos vários contextos arqueológicos relacionados com os edifícios existentes na zona antes desta sofrer uma reformulação urbanística durante o séc. XIX. De um ponto de vista arqueológico, tanto os aterros encontrados como as próprias estruturas podem-se enquadrar num contexto de destruição/demolição/abandono.

Adicionalmente, há que ter em conta o intervalo de tempo entre a representação destas estruturas na cartografia de Folque e na aguarela de Lewicki – na década de 50 do séc. XIX – e a abertura da Avenida D. Carlos I, em 1889, aproximadamente contemporânea do edifício existente. Juntando o ponto de vista arqueológico e histórico, cremos não haver obstáculos à interpretação do encontrado como vestígios dos edifícios mais antigos demolidos no séc. XIX.

Em função do exposto, consideraram-se cumpridos os pressupostos do plano de trabalhos aprovado pela tutela.