Rua de Artilharia 1, Lisboa

Este acompanhamento arqueológico integrou-se na abertura de valas para colocação de cabos de telecomunicações (CBE) nas ruas de Artilharia I (11 a 13 de Agosto de 2008), do Loreto (20 a 24 de Agosto de 2008), da Senhora do Monte (15 e 17 de Setembro de 2008) e das Trinas (4 e 5 de Novembro de 2008), situadas em zona de Nível 2 segundo o PDM de Lisboa.

Constatou-se que as movimentações de terras executadas nestas ruas incidiram sobre espaços já remexidos no decurso de anteriores colocações de infraestruturas. Não foi detectado qualquer contexto arqueológico preservado, à excepção de uma estrutura indeterminada na Rua do Loreto, que foi protegida com geotêxtil, não tendo sido objeto de afetações.

Procedeu-se à aplicação de uma medida mitigadora eficaz, tendo em conta que o conhecimento do património arqueológico é, para além de um valor em si mesmo, uma importante e incontornável valência do ponto de vista das políticas de ordenamento do território.