Pátio da Galega, Lisboa

Estes labores de acompanhamento arqueológico foram executados no quadro da reabertura de uma vala destinada à renovação da Rede M.P. de Gás Combustível Canalizado no Pátio da Galega. Adjudicados à ERA-Arqueologia pela Lisboagás, decorreram nos dias 23 e 24 de setembro de 2014.

Durante os trabalhos de acompanhamento não foram identificados níveis arqueológicos preservados. No entanto, foi identificada a presença de materiais arqueológicos (cronologicamente enquadráveis entre os séculos XVII e XIX), num contexto de aterro recente, sendo que a área em questão apresentava já revolvimento dos depósitos.

O facto de ter sido identificada a presença de material arqueológico, muito fragmentado e misturado com lixo contemporâneo, indiciou uma afetação prévia dos níveis arqueológicos conservados aquando da instalação das primeiras canalizações. Procedeu-se, desta forma, ao registo fotográfico da estratigrafia sequenciada e à descrição/relação dos diferentes depósitos identificados.