Rua Serpa Pinto, n.º 96, Faro

Esta intervenção consistiu na elaboração de uma Caracterização de Situação de Referência relativa à reabilitação urbana de uma moradia localizada na Rua Serpa Pinto, n.º 96, em Faro.

Segundo o ofício emitido pela Câmara Municipal de Faro, no que diz respeito a condicionantes arqueológicas, esta empreitada requeria acompanhamento arqueológico dos trabalhos que envolvessem afetação do solo e subsolo.

O objetivo era fazer uma avaliação do trabalho realizado no terreno e eventuais impactes causados pela escavação e movimentação de terras, constituindo uma informação importante para avaliar e definir a natureza dos trabalhos arqueológicos a realizar subsequentemente.

Atualmente o imóvel encontra-se totalmente restaurado e as obras finalizadas, não tendo sido possível, à data do contacto e visita ao local, realizar a observação do impacto efetivo da obra no subsolo. Assim sendo, esta Caracterização de Referência teve como base os elementos disponibilizados: o projeto de obra e as fotografias cedidas pelo promotor.

Segundo a análise destes documentos, considerou-se que os trabalhos de escavação manual de fundações e valas de fundação, e movimentação de terras tiveram uma afetação de cerca de 50 cm de profundidade (no mínimo). Os trabalhos de escavação terão sido efetuados manualmente, uma vez que, para manter a fachada, não foi possível a utilização de máquina.

Relativamente à construção parietal, as paredes interiores foram demolidas, não havendo registo das mesmas.