Praça da República, nº 69-75, Loulé

Os trabalhos arqueológicos enquadrados no empreendimento de alteração de um edifício sito na Praça da República, n.º 69-75, em Loulé, decorreram entre os dias 21 de agosto e 28 de novembro de 2018. O projeto previa um uso comercial, de galeria de arte, com salas de exposição nos três pisos.

Considerando a localização deste edifício, foram programados trabalhos de diagnóstico arqueológico prévio englobando, numa fase inicial, a realização de duas sondagens e, numa fase posterior, uma terceira sondagem, assim como o alargamento da sondagem 2.

Embora na sondagem 1 não tenha sido identificado nenhum contexto arqueológico preservado, nas sondagens 2 e 3 foram identificadas realidades estruturais associadas a fases de ocupação pré-existentes ao edifício em estudo, nomeadamente alguns muros e pavimentos, assim como um poço que se insere na fase inicial da construção do edifício.

Tendo em conta a dimensão da área intervencionada, a sobreposição de estruturas e a raridade de materiais arqueológicos identificados, não foi possível caracterizar estas realidades arqueológicas no que toca à sua planimetria e cronologia. No âmbito deste projeto de reabilitação as mesmas seriam preservadas in situ, com exceção das realidades associadas ao edifício, prevendo-se o desmonte parcial da caleira e do poço identificados.

Face ao exposto, preconizou-se como medida de minimização, para a continuidade do desenvolvimento do projeto, o acompanhamento arqueológico permanente de todas as ações realizadas por via mecânica ou manual que implicassem o revolvimento do subsolo (escavação) ou outras (por exemplo, levantamento de pavimentos, desmonte de paredes) com eventual afetação de bens patrimoniais.