Rua de Santa Marta, nº 56, Lisboa

Esta intervenção de reabilitação e conservação enquadrou-se numa empreitada de requalificação no edifício da Rua de Santa Marta, nº 56 F-56 H e Rua do Conde de Redondo nº 47. A empreitada incluiu a demolição dos edifícios anexos existentes no local, adossados ao alçado norte do Palácio dos Conde de Redondo, hoje sede da Universidade Autónoma de Lisboa.

Os trabalhos de intervenção da fachada norte do Palácio dos Condes de Redondo iniciaram-se no dia 25 de Maio de 2020 com a montagem do andaime (ainda parcial por questões logísticas da obra). A operação ocupou dois dias e meio.

As zonas da cantaria danificadas foram preenchidas com a utilização da mesma argamassa a que se adicionou um ligante e sílica. Não se justificou, nas duas operações, a adição de pigmento, uma vez que a cor da argamassa não apresentava dissonâncias visuais com a cor da pedra.

Recomendou-se a vigilância das fachadas para verificar eventuais anomalias, com atenção para manchas de humidade, empolamentos e surgimento de microrganismos ou plantas superiores. No caso destas ou de outras anomalias, seria necessário a imediata comunicação com um conservador-restaurador para averiguar a causa e, se possível, métodos para retificar esses problemas.

Recomendou-se ainda a aplicação de produto biocida com a periocidade anual em todas as superfícies.