Parques Eólicos das Beiras - Serra da Alvoaça

Esta intervenção integrou-se no levantamento patrimonial que a ERA-Arqueologia realizou no âmbito do Estudo de Impacte Ambiental dos Parques Eólicos das Beiras. Teve como objectivos a inventariação do património existente na área a afectar pelo Parque Eólico da Serra da Alvoaça e a elaboração de medidas de minimização para o mesmo.

Adjudicada pela Agri.Pro, consistiu em três fases: consulta bibliográfica e documental, prospecção selectiva e elaboração de relatórios. Efectuados os trabalhos de prospecção selectiva, verificou-se a necessidade de proceder a prospecções sistemáticas, uma vez que foram encontrados vestígios de arte rupestre.

Gravuras de motivos podomorfos.

Com efeito, identificou-se um importante núcleo de arte rupestre (Bulde). Tal como noutros sítios, a importância científica e patrimonial destas gravuras – de eventuais motivos podomorfos (forma dos pés), círculos concêntricos e geométricos gravados em lajes de xisto dispostas horizontalmente, realizados com as técnicas do picotado e abrasão – revelou-se inquestionável, pelo que deveria ser garantida a sua hipótese de preservação e ponderada a sua musealização.