Rua da Misericórdia (nº 41-47), Bairro Alto, Lisboa

Esta intervenção consistiu no acompanhamento arqueológico permanente das obras de construção de um edifício sito na intercepção da Rua da Misericórdia (nº 41-47) com a Travessa da Espera, no Bairro Alto, em Lisboa. As obras a efectuar no interior do edifício, mantendo a sua fachada original, implicavam trabalhos de remoção de terras que afectariam eventuais vestígios arqueológicos e patrimoniais.

No decorrer do trabalho de acompanhamento, realizado entre 28 de Fevereiro e 8 de Maio de 2003, foram identificadas diversas realidades estruturadas que evidenciaram a existência de três momentos de ocupação do espaço.

As estruturas mais recentes (Fase 3) respeitaram aos alicerces do próprio edifício ou a estruturas relacionadas com ligação/reforço destes e, por outro lado, a estruturas relacionadas com o escoamento/canalização de águas. A um momento anterior, Fase 2, corresponderam uma série de vestígios de pavimentos antigos, de muros e alicerces, estruturas estas localizadas a cota mais baixa relativamente ao piso do edifício recente.

Por último, a Fase 1 correspondeu a um depósito de natureza pré-histórica, constituído por areias e onde se observou a presença de abundante fauna malacológica (relativa a moluscos) e de alguns fragmentos de sílex que indiciaram o talhe e/ou a presença de utensílios nesta matéria-prima.