Palácio Flor da Murta - Ramais de baixa e média tensão da EDP

A ERA-Arqueologia realizou o acompanhamento arqueológico dos trabalhos de revolvimento do subsolo necessários à colocação dos ramais de baixa e média tensão da EDP, no âmbito das obras de Adaptação do Antigo Palácio da Murta a Complexo Residencial. Estes trabalhos tiveram início a 20 de Outubro de 2003, tendo sido finalizados a 30 de Outubro de 2003.

A zona alvo de acompanhamento compreendeu três ruas distintas: Rua Poço dos Negros, Rua de S. Bento e Rua Fresca. Nenhuma das seis valas abertas afectou elementos patrimoniais, sendo a única realidade passível de observação mais aprofundada o aparelho construtivo original do edifício visível em algumas das valas abertas, que não sofreu qualquer tipo de afectação.