Barragem de Óbidos

Esta intervenção assentou no acompanhamento arqueológico no âmbito da construção da Barragem de Óbidos, adjudicado à ERA-Arqueologia pela FCC Construcción S.A. Visou sobretudo a identificação de património arqueológico e/ou etnográfico, bem como a elaboração de medidas de minimização.

Os trabalhos tiveram um carácter preventivo e pretenderam salvaguardar estruturas e contextos patrimoniais, efectuando-se também um registo que visasse a preservação da memória colectiva. Em virtude das acções realizadas foi possível identificar diversos contextos, com vários graus de interesse arqueológico e patrimonial.

As evidências estruturais que identificámos foram assinaladas sob a forma de registo de memória descritiva, de fotografia e de desenho ou de croqui. Sempre que existiu a necessidade dessas evidências serem desmontadas, foram pedidas as devidas autorizações ao Instituto Português de Arqueologia e aplicadas as recomendações proferidas por este organismo.

Na maior parte dos casos, as medidas de minimização consistiram no registo das estruturas, à excepção do sítio Ponte dos Ingleses, em que, além desta medida, foram empreendidas novas acções minimizadoras, que visaram uma melhor compreensão dos elementos constituintes e cronológicos do imóvel.