Cine-Teatro Farense (Diagnóstico)

Esta intervenção arqueológica enquadrou-se na avaliação prévia do potencial arqueológico da zona a afectar pelas obras do projecto de remodelação do Cine-Teatro Farense. Os trabalhos de campo decorreram entre os dias 11 e 21 de Abril de 2005, tendo o espólio recolhido sido temporariamente depositado nas instalações da ERA-Arqueologia.

Os objectivos específicos da intervenção visaram: a caracterização científica e patrimonial dos vestígios arqueológicos no local; a minimização do risco da afectação negativa dos mesmos pelas obras previstas para este espaço; e permitir ao Cliente e ao IPA disporem de uma base de informação suficiente para decidir definitivamente do conteúdo das medidas de minimização a aplicar face ao impacte previsto para áreas específicas deste sítio.

Face aos dados obtidos na intervenção considerámos pertinente que fossem aplicadas medidas de minimização de impactes. Assim, para o interior do edifício, sugerimos o acompanhamento permanente de um arqueólogo durante todas as fases de obra que implicassem a remoção de subsolo e desmonte de estruturas.

Para o exterior do imóvel, recomendámos a remoção mecânica com acompanhamento arqueológico dos aterros até cerca de 2.30 m e a escavação integral por uma equipa de arqueologia dos contextos preservados do período islâmico que se encontravam sob os aterros modernos e contemporâneos. Aconselhámos ainda o registo gráfico e fotográfico das realidades arqueológicas que fossem detectadas, com respectiva leitura estratigráfica.