EDP - Remodelação de Rede MT 10 Kv, Lisboa

A ERA-Arqueologia efectuou o acompanhamento arqueológico da construção de rede MT 10Kv e remodelação de postos de seccionamento e transformação, levadas a cabo pela EDP em áreas específicas de Lisboa. Visou-se o acompanhamento da abertura de valas para a colocação de cabos eléctricos, de forma a minimizar os impactes negativos da obra sobre vestígios arqueológicos e caracterização do seu valor científico e patrimonial.

No decurso da intervenção, realizada entre 4 de Janeiro e 5 de Maio de 2006, foram registadas 28 valas, nas quais foram observadas 8 estruturas, das quais 4 referindo-se a caleiras com valor patrimonial e arquitectónico. As estruturas já se encontravam na sua maioria afectadas, facto resultante das sucessivas intervenções no subsolo que o espaço intervencionado apresentava.

Dos materiais recolhidos nenhum estava associado a estruturas e a depósitos naturais de utilização, tendo sido os mesmos recolhidos em contextos secundários de deposição. O material arqueológico poderá indiciar que a área intervencionada estaria ocupada desde o século XV, facto baseado na presença frequente de cerâmica comum, faiança e porcelana.

Em termos gerais, considerou-se que os trabalhos de acompanhamento arqueológicos da obra responderam positivamente no sentido de minimizar a afectação do património arqueológico. As estruturas afectadas foram alvo de registo gráfico, fotográfico e descritivo e, mediante autorização do IPA, procedeu-se ao seu desmonte, quando assim foi necessário.