Rua Lethes, Faro

Levados a cabo em 2006, estes trabalhos de acompanhamento arqueológico enquadraram-se numa perspectiva de minimização de impactes face a uma vasta intervenção de recuperação e valorização prevista para o Palacete Doglioni, sito no número 32 da Rua Lethes, freguesia da Sé, em Faro.

A programação de trabalhos preventivos de acompanhamento permanente durante o processo de cobertura das sondagens realizadas previamente pela ERA-Arqueologia, no sentido de aferir do potencial arqueológico e patrimonial das áreas a afectar, decorreu da necessária salvaguarda dos valores patrimoniais colocados a descoberto.

Note-se que, segundo Francisco Lameira, aquando da transferência da sede de diocese de Silves para Faro, o Palacete Doglioni terá sido utilizado como Paço Episcopal. O painel de azulejo situado no exterior do jardim do edifício pode também ser resultado deste facto.

Com efeito, visando esta intervenção a preservação dos valores patrimoniais postos a descoberto aquando da realização das sondagens de diagnóstico, e enquadrando-se numa perspectiva de minimização de impactes, foram cobertas todas as sondagens supracitadas. Todas as estruturas identificadas no âmbito deste projecto foram devidamente protegidas com tela geotêxtil e, seguidamente, com sedimento arenoso, a saber: areia.