Ponte da Ribeira de Jardas, Cacém

Realizados durante Maio e Junho de 2006, os trabalhos arqueológicos na ponte sobre a Ribeira de Jardas, Cacém, enquadraram-se no âmbito da sua salvaguarda patrimonial e arqueológica durante a intervenção do programa Polis no Cacém. Devido ao prolongamento da paragem das intervenções na ponte, até Novembro desse ano, por factores inerentes ao plano do programa Polis, considerou-se importante realizar um relatório preliminar que permitisse enumerar os trabalhos efectuados e por efectuar.

Assim, dos trabalhos arqueológicos concretizados, refiram-se, entre outros, o acompanhamento dos trabalhos de limpeza da ponte durante o período em que decorreram trabalhos de movimentação de terras e de desmonte de estruturas recentes; a realização de duas sondagens, com meios mecânicos, no tabuleiro da ponte, para permitir a compreensão dos contextos existentes, nomeadamente averiguar a permanência do pavimento original; e o levantamento topográfico, com a realização do registo gráfico e fotográfico de pormenor, do seu alçado Norte e da estrutura interna do arco Oeste;

De acordo com o faseamento programado, ficaram por realizar os trabalhos de acompanhamento da abertura de novo leito para a ribeira na zona Este da ponte, de forma a observar a zona da junta da mesma; os trabalhos de acompanhamento do desaterro do arco Este da ponte; o levantamento topográfico do seu alçado Sul e da estrutura interna do arco Este; e o acompanhamento dos trabalhos de reenterramento da ponte.