Núcleos arquitectónicos no Hospital de Sant’Ana, Parede

Os trabalhos de análise e avaliação patrimonial de dois núcleos arquitectónicos, designados por Conjunto Estrutural A e Conjunto Estrutural B, localizados no Hospital de Sant’Ana, na Parede, foram levados a cabo pela ERA-Arqueologia em 2006. Resultaram da necessidade de analisar e avaliar em termos patrimoniais e científicos os dois conjuntos estruturais considerados, com vista à sua gestão futura.

Deste modo, foram definidos os seguintes objectivos específicos: análise e pesquisa relativa aos núcleos arqueológicos por forma a obter a sua integração num quadro cultural de ocupação do espaço em que se insere o Hospital; determinação do valor patrimonial e científico dos diversos elementos presentes; e definição de condições futuras de gestão dos dois núcleos, nomeadamente ao nível da sua manutenção e eventual fruição pública.

O Conjunto Estrutural A apresentou um valor patrimonial reduzido, encontrando-se os elementos arquitectónicos registados descontextualizados, pelo que não foram propostas quaisquer medidas de valorização. No entanto, dever-se-ia ter em consideração, no caso de uma eventual renovação do espaço, o armazenamento destes elementos em local apropriado, com os cuidados de acondicionamento necessários à sua conservação.

O Conjunto Estrutural B apresentou um valor patrimonial médio em si mesmo, mas poderia ser optimizado se integrado num projecto de musealização que implicaria a articulação destas ruínas com a história, a arquitectura e as técnicas de construção do Hospital de Sant’Ana.