Rua da Bombarda nº 3, Lisboa

Os trabalhos de acompanhamento arqueológico na Rua da Bombarda nº3, nas proximidades do Largo do Intendente, em Lisboa, entre Dezembro de 2006 e Março de 2007, decorreram no âmbito da construção de um imóvel de escritórios. Tiveram como objectivo a minimização de impactes sobre o património arqueológico a afectar pelo empreendimento.

Durante o progresso do acompanhamento verificou-se que toda a zona de obra se encontrava em área de aterro, devido ao facto de aquela estar contida dentro do espaço de jardim de um imóvel abandonado. Esta situação comprovou-se pela observação dos materiais recolhidos, dos quais se destacaram entulho e lixo recentes, bem como pelo abandono de objectos do quotidiano.

Durante os trabalhos de acompanhamento arqueológico todos os achados arqueológicos foram devidamente registados e marcados com fichas. Foi também elaborado um registo gráfico e fotográfico da empreitada.

Em termos de registo gráfico, apenas foram feitos croquis com medidas de cortes, uma vez que não se detectaram quaisquer estruturas arqueológicas e também por os depósitos observados na estratigrafia serem de aterro contemporâneo, com muita dispersão de material cerâmico e plástico recente.