Rede de Incêndio, Centro Histórico de Tavira

Estas acções de acompanhamento arqueológico efectuaram-se no âmbito da instalação da rede de incêndio no Centro Histórico de Tavira, tendo a empreitada sido executada pela empresa Tavira Verde, S.A. Decorreram entre 28 de Fevereiro e 19 de Junho de 2007, abrangendo todo o perímetro considerado de interesse patrimonial e arqueológico.

As obras foram executadas em duas fases distintas. A primeira destinou-se à eliminação e substituição das antigas condutas de água; a segunda, à implantação de novos marcos de incêndio, implicando algumas substituições de condutas.

Durante o acompanhamento arqueológico registou-se a presença de materiais arqueológicos descontextualizados, uma vez que se encontravam nas camadas superiores, de preenchimento. Estes haviam sido alvo de revolvimentos, visto que as intervenções ocorreram em zonas onde já se encontrava implantado quer o sistema de abastecimento de água, quer o de electricidade.

Foram identificadas 3 estruturas, sem contudo se poder atribuir uma qualquer cronologia. Nenhuma das estruturas foi danificada, tendo-se tomado as devidas medidas de minimização, nomeadamente, registo gráfico e fotográfico e posterior protecção com geotêxtil e areia.