Largo de Santos-o-Novo, Lisboa

Entre 30 de Abril e 5 de Maio de 2007, concretizou-se o acompanhamento arqueológico de uma vala para substituição de cabos eléctricos numa zona contígua ao convento de Santos-o-Novo, em Lisboa.

Os trabalhos de acompanhamento realizados tiveram como objectivo principal o diagnóstico de realidades arqueológicas presentes no subsolo resultantes da abertura de uma vala para a substituição de cabulações eléctricas.

Contudo, não foram identificados contextos arqueológicos preservados. Apenas foram observados contextos de aterro/entulho com materiais de construção de época indeterminada já remexidos devido à colocação de cabos eléctricos.