Sondagens Arqueológicas no Centro de Almeirim

As sondagens arqueológicas de diagnóstico no centro de Almeirim surgiram na sequência do acompanhamento arqueológico da empreitada de colocação de infraestruturas e da condicionante imposta pelo IGESPAR no sentido de prevenção de impactes negativos sobre o património arqueológico decorrentes da obra em curso.

Os trabalhos arqueológicos decorreram em cinco períodos distintos. A primeira fase realizou-se de 11 a 14 de Junho de 2007, a segunda de 25 de Junho a 06 de Julho de 2007, a terceira de 23 a 27 de Julho de 2007, a quarta de 27 de Agosto a 21 de Setembro de 2007 e a quinta de 03 de Dezembro de 2007 a 11 de Janeiro de 2008. Foram realizadas no total 19 sondagens arqueológicas.

No decorrer dos trabalhos de escavação arqueológica foi identificado um espaço sepulcral relacionado com a Igreja e Hospital de Nossa Senhora da Conceição (época moderna), um espaço de lixeira do século XVI e pisos construídos em cal, argamassa e cerâmica de cronologia moderna.

No decorrer da obra, já em fase de acompanhamento, foi identificada uma estrutura em tijolo burro, situação que conduziu à realização de uma sondagem arqueológica de emergência.