Aproveitamento Hidroagrícola do Pessegueiro, sítio dos Curralinhos

No âmbito do EIA e da DIA para as áreas afectas ao Aproveitamento Hidroagrícola do Pessegueiro (condutas principais e ramais de irrigação), as sondagens arqueológicas concretizadas, em 2008, no sítio dos Curralinhos tiveram como objectivos a caracterização do potencial arqueológico, assim como a minimização do impacte da empreitada no possível património.

Em todas elas verificaram-se reduzidas potências estratigráficas. Por vezes, uma veemente raspagem era suficiente para pôr à vista o substrato geológico. O carácter de dispersão dos materiais de superfície, e o padrão de rarefacção dos mesmos à medida que se procedia à escavação das referidas sondagens, tornou a hipótese de escorrências a mais plausível para esta vertente Este do cerro em questão.

As manchas de dispersão foram devidamente identificadas na cartografia, tal como a totalidade da área prospectada. Registados ficaram igualmente os achados mais significativos nas redondezas, como, por exemplo, a figura antropomórfica do Monte das Eiras Velhas. Como medidas finais propôs-se a cobertura das sondagens com sedimentos leves e, quando possível, com geotêxtil.