Aproveitamento Hidroagrícola do Pessegueiro, sítio do Zambujeiro 2

Realizadas entre 7 e 16 de Julho de 2008, no âmbito da empreitada do Aproveitamento Hidroagrícola do Pessegueiro, as sondagens de diagnóstico no sítio do Zambujeiro 2 tiveram como objectivos a caracterização do potencial arqueológico, assim como a minimização do impacte da obra no possível património.

Nas sondagens A1 e A3 verificou-se que a potência estratigráfica era fraca, correspondendo a escassos centímetros de sedimento. Já na A2, o derrube era considerável e faseado. Aqui registaram-se outras unidades estratigráficas que não apenas o depósito de superfície e o substrato rochoso. Foram diferenciadas fases de derrube e uma lareira rudimentar. Infelizmente, a inexistência de cerâmica comum associada limitou-nos o diagnóstico, que, por sua vez, se encontrou sujeito a uma interpretação mais recente, dada a existência relativamente recente de um curral.

As manchas de dispersão foram devidamente identificadas na cartografia, tal como a totalidade da área prospectada. Como medidas finais propôs-se a cobertura das sondagens com sedimentos leves e, quando possível, com geotêxtil.