Oratório de S. Jerónimo, Quinta da Piedade, Póvoa de Santa Iria

A ERA-Arqueologia levou a cabo o diagnóstico do estado de preservação e projecto de recuperação do património integrado do Oratório de São Jerónimo, localizado nos jardins da Quinta da Piedade, Póvoa de Santa Iria. Esta intervenção foi requerida pelo Gabinete de Arquitectura Larquitectos, tendo o trabalho de campo sido realizado na Primavera de 2008.

O Oratório de São Jerónimo, monumento protegido juridicamente como Imóvel de interesse Público, engloba no seu conjunto uma variedade muito significativa de técnicas construtivas/decorativas de qualidade. Estas são bastante relevantes, transformando o edifício num elemento paradigmático dos períodos em que foi construído e remodelado.

A elaboração deste trabalho assentou numa observação e registo realizados sobre o elemento arquitectónico, de maneira a identificar o imóvel, as suas patologias e respectivas intensidades, para assim equacionar as melhores soluções de conservação e restauro, tendo por base as várias cartas internacionais para a preservação de património arquitectónico.

Assim, avançou-se com a proposta de um conjunto articulado de trabalhos, com o objectivo de determinar as melhores opções para o elemento patrimonial em causa. Dadas as especificidades de cada acção a desenvolver, apresentámos metodologias e faseamentos de trabalho individuais para cada uma das mesmas.

Todas as acções deveriam considerar o conjunto arquitectónico do Oratório na sua íntegra, bem como a sua importância no imaginário colectivo. Ter-se-ia sempre presente o respeito pela materialidade, estrutura e história, nunca eliminando materiais de origem, excepto em situações em que esta necessidade se manifestasse estritamente imprescindível para a sua conservação.