Pia do Penalva, Praça do Príncipe Real

Solicitado pela EPAL, o acompanhamento arqueológico realizado no âmbito do projecto de reforço da abóbada da clarabóia da Pia do Penalva, inserida na Zona de Intervenção de Nível 2 do PDM da cidade de Lisboa, decorreu de 25 de Março a 9 de Maio de 2009.

A empreitada consistiu na abertura da área circundante onde se localizava o topo exterior da abóbada para assim delimitar a sua área e o espaço necessário para a aplicação do reforço. Houve também a necessidade de se proceder à substituição de duas condutas de água em ferro, tendo-se aberto duas valas para o efeito.

Os trabalhos, cuja área de intervenção se localiza no cruzamento entre a Praça do Príncipe Real, a Rua da Mãe de Água e a Rua D. Pedro V, foram alvo de um acompanhamento minucioso e permanente de todos os levantamentos de terras de forma a prevenir qualquer impacte ou destruição de eventuais vestígios arqueológicos de interesse patrimonial.

Não se verificou a existência de estruturas arqueológicas adjacentes ao topo exterior da abóbada. Neste sentido, consideraram-se cumpridos os objectivos de minimização estipulados no Plano de Trabalhos apresentado ao IGESPAR-IP.