Largo Hintze Ribeiro, Lisboa

Os trabalhos de acompanhamento arqueológico no âmbito da instalação de infraestruturas de telecomunicações no Largo Hintze Ribeiro, inserido na Zona de Intervenção de Nível 2 do PDM de Lisboa, decorreram no dia 27 de Maio de 2009.

O objectivo foi a minimização de impactes sobre eventuais vestígios patrimoniais afectados pelos trabalhos de movimentação de terras. Estes foram alvo de um acompanhamento minucioso e permanente, ainda que a área da afectação fosse bastante circunscrita, tendo resultado na abertura de uma única vala.

Verificou-se um acentuado revolvimento dos depósitos do subsolo, fruto da realização de anteriores intervenções, para além da inexistência de quaisquer materiais de interesse arqueológico, resumindo-se essencialmente a materiais de construção recentes. Também durante a abertura da vala não se observaram estruturas arqueológicas.

Apesar de a intervenção ter incidido numa área bastante circunscrita e anteriormente afectada, nunca é demais realçar a importância dos trabalhos de acompanhamento arqueológico, considerando-se cumpridos os objectivos de minimização estipulados no Plano de Trabalhos inicial apresentado ao IGESPAR.