Praça dos Restauradores, nº 72, Lisboa

As acções arqueológicas efectuadas, em 2009, na Praça dos Restauradores, junto ao número de polícia 72, enquadraram-se no âmbito da requalificação de redes de telecomunicações através da colocação de fibra óptica. Situada no centro histórico de Lisboa, a área intervencionada é de grande sensibilidade arqueológica.

Assim, os trabalhos consistiram no acompanhamento da abertura de vala na via pública para a colocação da fibra óptica, de modo a avaliar e minimizar eventuais impactes sobre vestígios arqueológicos. A intervenção não revelou evidências arqueológicas ou patrimoniais na área afectada pela abertura da vala, não se tendo preconizado medidas de minimização.