Rua da Junqueira, 2, Lisboa

As acções de acompanhamento arqueológico efectuadas no nº 2 da Rua da Junqueira resultaram de uma condicionante da DRCLVT – Direcção Regional de Cultura de Lisboa e Vale do Tejo. Este local insere-se na Zona Especial de Protecção conjunta dos imóveis Capela de Santo Amaro/Palácio Burnay/Salão Pompeia, no antigo Palácio do Ega/Casa Nobre de Lázaro Leitão Aranha.

Além disso, a área em questão situa-se em zona de nível 2 do PDM de Lisboa, o que condiciona a afectação do subsolo à realização de acompanhamento arqueológico, nos termos da legislação em vigor. Assim, a programação de trabalhos preventivos durante a empreitada teve como objectivo a minimização de impacte sobre eventuais vestígios arqueológicos/patrimoniais que poderiam ser afectados pelo desenvolvimento das obras, bem como a sua caracterização em termos valor científico e patrimonial.

No decorrer da intervenção somente se detectou um poço de cronologia contemporânea que, depois de registado gráfica e fotograficamente, foi desmontado com acompanhamento arqueológico, depois desta medida ter sido aprovada pelo IGESPAR. No que respeita ao processo de escavação propriamente dito, não identificados quaisquer outros elementos patrimoniais. Note-se que todo o terreno apresentava uma reduzida potência estratigráfica.