Sítio de Palmares 3, Lagos

Nos dias 12 e 14 de Abril de 2010, foram realizadas prospecções geofísicas no sítio arqueológico Palmares 3, no âmbito do Empreendimento do Campo de Golfe de Palmares (Lagos), na zona do “Green” do campo 10, em conformidade com os pareceres da Tutela e da Autarquia local e no seguimento das propostas de intervenção constantes em Relatório Preliminar (ERA – Julho de 2009) e Relatório de Ocorrências (ERA – Março de 2010).

Foi empreendida a utilização de dois métodos: prospecção electromagnética e geomagnética. Tal opção decorreu das condições do terreno e efectuou-se no sentido de cruzar e contrastar os resultados obtidos pelos dois tipos de abordagem. Confirmou-se a existência de um complexo sítio arqueológico, muito provavelmente de cronologia medieval-islâmica, caracterizado pela presença de fossas, derrubes e alinhamentos estruturais.

Em função dos resultados da prospecção geofísica, seriam estudadas as seguintes hipóteses de trabalho: a alteração do projecto de obra, restringindo-se as subsequentes intervenções a fazer incidir sobre a área sondagens de minimização de impacte, e a aplicação do projecto de obra, implicando a necessidade de escavação arqueológica em área a incidir integralmente sobre o espaço de afectação do “Green” do campo 10.

A proposta apresentada visou uma articulação institucional propiciadora de uma efectiva dinâmica de sustentabilidade no que concerne à prossecução do empreendimento do Campo de Golfe de Palmares e à salvaguarda do património arqueológico local.

 

Sondagens de diagnóstico

No âmbito da construção do Campo de Golfe, estas sondagens de diagnóstico corresponderam à execução de um conjunto de medidas de minimização de impacte/caracterização patrimonial a aplicar neste local. Foram executadas 5 sondagens distribuídas pelas zonas afectadas tanto pela remoção de raízes de árvores como pela abertura da vala de rega. 

Na área perturbada pelo arranque de árvores, foram efectuadas 2 sondagens e assinalada a presença de uma concentração de materiais arqueológicos de cronologia islâmica, associados a 3 estruturas positivas, duas das quais já em avançado estado de destruição. Na zona afectada pela abertura da vala de rega, foram realizadas 3 sondagens nas quais foram intervencionadas duas estruturas negativas, tipo fossa, com abundante material arqueológico enquadrável cronologicamente entre os séculos XII e XIII, assim como uma quantidade impressionante de fauna malacológica.

A terceira sondagem incidiu sobre uma estrutura positiva identificada em plano, revelando a existência de um derrube de pedra e telha associada à mesma. Para a cobertura temporária dos contextos arqueológicos que se encontravam em fase de escavação no sítio de Palmares 3, sugeriu-se genericamente a colocação de manta geotêxtil e o recobrimento com areias dessalinizadas.