Rua de Pedrouços, nº 105, Lisboa

Concretizada em 2010, esta intervenção teve como objectivo principal a avaliação e caracterização do potencial arqueológico e patrimonial da área a afectar por um empreendimento habitacional na Rua de Pedrouços, nº 105, Travessa da Torrinha, em Lisboa.

Os trabalhos revelaram uma estratigrafia muito homogénea em todas as sondagens efectuadas, composta por três níveis de aterro sobre o antigo areal da Praia de Pedrouços, que, por sua vez, foram colmatados pelos diversos processos de nivelamento do terreno associados à utilização actual deste edifício, como armazém.

Estes aterros foram datados, a partir da análise dos materiais recolhidos, dos finais do século XIX e inícios do século XX, revelando uma consonância com a dinâmica de povoamento desta zona de Lisboa, que terá correspondido a uma pequena aldeia até aos finais do séc. XIX, só evoluindo para um bairro citadino ao longo do séc. XX.

Face aos resultados obtidos, propôs-se a realização de acompanhamento arqueológico de todas as movimentações de terras e afectações de subsolo decorrentes da implementação do projecto.