Rua António Pinheiro Caldas, nº 9, Porto

A ERA efectuou, em 2011, o acompanhamento arqueológico na obra de reabilitação de um edifício sito na Rua António Pinheiro Caldas, com o número de polícia 9, registado pelo Gabinete de Arqueologia Urbana da Câmara Municipal do Porto. Os trabalhos visaram a minimização de impactes patrimoniais numa zona condicionada da cidade (ZAP 36 – Foz Velha), nos termos do disposto no regulamento do PDM.

Durante as acções de acompanhamento não se verificou qualquer impacto sobre elementos arqueológicos. O edificio foi demolido, tendo o terreno sido regularizado. Tal regularização foi efectuada à cota do logradouro, tendo sido escavada uma potência de cerca de 0,80cm desde a cota de soleira da Rua António Pinheiro Caldas.

O facto de não se ter identificado qualquer vestígio arqueológico não invalidou a extrema sensibilidade da zona em questão, devido à sua proximidade com importantes sítios atribuiveis à pré-história antiga e proximidade à via de acesso entre a freguesia de S. João da Foz e o Porto (“caminho velho”).

Assim, considerou-se vital que futuros trabalhos nesta zona continuassem a ser condicionados do ponto de vista arqueológico. Face aos resultados apresentados, não se propuseram medidas de minimização adicionais para a área afecta à construção, considerando-se cumpridos os objectivos expressos em Plano de Trabalhos entregue à DRC Norte e IGESPAR.