Travessa do Açougue, Lisboa

Os trabalhos arqueológicos realizados no âmbito da abertura de valas para a colocação de infraestruturas de telecomunicação na Travessa do Açougue foram adjudicados à ERA pela TELCABO, Lda. e decorreram entre os dias 9 e 13 de Maio de 2011. A área em questão insere-se em Zona de Intervenção de Nível I do PDM de Lisboa.

Foram realizadas 2 sondagens arqueológicas de diagnóstico, que permitiram observar a presença de contextos contemporâneos muito afectados pela abertura de valas para outras infraestruturas, nomeadamente de electricidade, gás, água e saneamento básico.

Assim, considerando que os trabalhos previstos apenas afectariam estes níveis, considerou-se, após acordo do IGESPAR, que os mesmos podiam prosseguir com acompanhamento arqueológico. Foi então aberta a vala prevista em projecto para a Travessa do Açougue, observando-se as mesmas realidades estratigráficas, com níveis contemporâneos e sem a presença de contextos arqueológicos preservados.