Reforço e protecção costeira da arriba da Praia do Quebrado

Os trabalhos arqueológicos de acompanhamento de obra realizados no âmbito do empreendimento do reforço e protecção costeira e da arriba da Praia do Quebrado, localizada na antiga ilha de Peniche, corresponde a uma zona de baixa altitude em relação ao nível do mal, controlada por infra-estruturas artificiais de protecção.  Nesta área para Nordeste, ainda são comuns algumas extensões inundadas por águas salobras, testemunho dos sapais e canaviais que ainda ocupavam integralmente o território até meados do século XX.

Os trabalhos permitiram identificar e registar um muro de sustentação, que terá sido construído na década de 60 do século XX,  e vestígios da muralha antiga, seiscentista. Foi possível observar o método construtivo e atestar o posicionamento conjectural da mesma, através do seu traçado e das marcas visíveis de um “arranque” na muralha, junto à casa dos pescadores.

Durante a limpeza, surgiu um projéctil em chumbo (possivelmente de mosquete ou bacamarte), que possivelmente estaria “imbricado” na estrutura e daí tão bem preservado.

Foto retirada do Livro “Peniche, 100 anos através da fotografia” possível ver o muro da Praia do Quebrado, possivelmente ainda construção final século XIX.