Hotel Project Lisboa, Avenida da Liberdade, 136, Lisboa

Levada a cabo em 2011, esta intervenção enquadrou-se numa perspectiva de avaliação do potencial científico do local afecto à construção do Hotel Project Lisboa. Trata-se de uma área anteriormente ocupada por dois edifícios dos séc. XVIII e XIX, confinantes com a Avenida da Liberdade (138-142) e com a Rua de São José (125-129), apenas tendo sido preservadas as fachadas dos edifícios pré-existentes.

Neste sentido, procedeu-se à recolha de dados documentais e cartográficos que permitissem avaliar o potencial arqueológico e patrimonial da área afectada, assim como à análise de toda a documentação fotográfica cedida pela construtora UDRA. Os resultados da investigação apontaram no sentido de a área intervencionada ter sido essencialmente ocupada por hortas e quintas, bem como por aterros provenientes do terramoto de 1755.

Através das fontes consultadas, verificou-se, igualmente, que o sítio em estudo poderia preservar contextos estruturais de cronologia Moderna/Contemporânea relacionados com edifícios que existiram nas imediações, tais como cercas, muros de propriedades ou estruturas hidráulicas. A metodologia adoptada traduziu-se tanto no cruzamento de dados históricos e cartográficos como em fontes orais, recorrendo-se ainda aos resultados do acompanhamento arqueológico efectuado pela ERA no mesmo quarteirão (Hotel Lanidor).