Mosaico de Boca do Rio, Vila do Bispo

A ERA-Arqueologia efectuou o diagnóstico do estado de conservação do pavimento de mosaico localizado nas Ruínas Luso-Romanas da Boca do Rio, freguesia de Budens, Vila do Bispo, avançando também com proposta de intervenção de recuperação sobre o mesmo. Encomendados pelo Dr. Afonso Martins, no âmbito de uma intervenção de emergência realizada no local, os trabalhos de campo foram realizados no dia 19 de Dezembro de 2003.

O objectivo foi fornecer um documento a caracterizar a situação de referência do pavimento, e apontar propostas de recuperação do mesmo. Criou-se assim uma “ferramenta de trabalho” que permitiu, a quem de direito, tomar uma decisão fundamentada que levasse à salvaguarda do elemento patrimonial em apreço.

A caracterização foi feita a partir da observação a olho nu no local, e do registo fotográfico sistemático. Foram realizadas fotografias ortogonais de modo a obter uma representação plana do pavimento, permitindo a sua caracterização e quantificação ao nível de áreas e dispersões dos materiais e do seu estado de conservação.

Pavimento do Mosaico.

Após a observação do pavimento pôde-se concluir que, de um modo geral, este se encontrava em relativo bom estado de conservação, tendo em conta a idade e as vicissitudes por que passou ao longo dos tempos. Quanto à proposta de intervenção, esta apontou duas soluções possíveis: manter o pavimento in situ ou removê-lo do seu contexto actual.