Capela de S. Lourenço e Igreja de S. Antão da Barca (trasladação), Sabor

Em 2008, levou-se a cabo o estudo prévio relativo à transladação do património artístico integrado da Capela de S. Lourenço e Igreja do Santuário de S. Antão da Barca, no âmbito dos estudos a desenvolver na fase de concurso do Aproveitamento Hidroeléctrico do Baixo Sabor. A transladação inseriu-se no cumprimento das medidas de minimização do RECAPE do empreendimento, em conformidade com o estabelecido na DIA.

A aplicação desta medida permitiria salvaguardar a materialidade dos edifícios bem como a utilização destes pela população. Assim, a nível de estudo prévio, abordou-se o seguinte: caracterização geral do património móvel e integrado; definição, descrição e justificação dos trabalhos e estudos a desenvolver após adjudicação da empreitada; programa geral dos trabalhos; medições e estimativa orçamental.

As soluções a adoptar para a transladação dos sítios caracterizados entrariam em linha de conta com a importância patrimonial, o estado de conservação e o grau de afectação destes trabalhos no património em questão. Para além disso, obedeceriam a uma estratégia que minimizasse a afectação dos elementos patrimoniais, cujos trabalhos de transladação inquestionavelmente implicariam.

Este trabalho foi realizado com base nos estudos desenvolvidos sobre os monumentos durante as anteriores fases do processo, bem como em informações recolhidas no local junto das populações e pároco do santuário de Santo Antão da barca.