Conduta Elevatória e Sistema de Saneamento da Ada, Tavira

As acções de acompanhamento arqueológico efectuadas no âmbito da construção da conduta elevatória e ligação ao sistema de saneamento da Ada, em Tavira, decorreram, com interrupções, entre 12 de Dezembro e 28 de Fevereiro de 2008. Os trabalhos compreenderam a abertura de valas e/ou remoções de terras numa pequena área da Rua dos Bombeiros Municipais.

O objectivo principal foi a detecção de eventuais vestígios arqueológicos que pudessem ser afectados na área do projecto de implantação da Estação Elevatória e das suas ligações, bem como garantir a protecção e salvaguarda dos mesmos e efectuar a sua caracterização em termos de valor científico e patrimonial.

Durante o acompanhamento registaram-se duas ocorrências de índole arqueológica e histórica, tendo sido uma preservada in situ e a outra preservada pelo registo. No primeiro caso, a estrutura acabou por não ser afectada pois foi possível passar a conduta de saneamento por baixo desta realidade arqueológica. No segundo caso, efectuou-se o desmonte parcial do muro (após efectuados os registos gráficos e fotográficos) com autorização do IGESPAR, I.P..