Rua da Oliveira, Lagos

A ERA levou a cabo, em 2010, na Rua da Oliveira, em Lagos, trabalhos de acompanhamento arqueológico no âmbito da abertura de valas para a colocação de cabos da CaboVisão. O objectivo foi a detecção de eventuais vestígios arqueológicos que pudessem ser afectados pelas obras, bem como a sua caracterização em termos de valor científico e patrimonial.

Este acompanhamento enquadrou-se numa perspectiva de minimização de impactes patrimoniais, face à necessidade de realização de movimentações de terras com afectação directa do subsolo. A Rua da Oliveira insere-se numa área de grande sensibilidade arqueológica, tendo sido identificada uma necrópole de época romana durante uma intervenção no edifício sito na Rua Marreiros Neto nº 47-49/Rua da Oliveira, 43 (Duque, 2005).

Na referida intervenção verificara-se que uma das sepulturas (identificada, mas não escavada), localizada no canto NO da propriedade, continuava para a Rua da Oliveira. Porém, durante os trabalhos de acompanhamento arqueológico, não se verificou qualquer indício da necrópole de época romana anteriormente mencionada, nem qualquer outro contexto arqueológico preservado.