Infraestruturas de gás natural, Peniche

No âmbito do empreendimento “Infraestruturas de gás natural de Peniche”, estes trabalhos arqueológicos decorreram de 5 de Novembro de 2014 a 3 de Julho de 2015. A área intervencionada localiza-se no istmo do tômbolo de Peniche, zona assoreada a partir do séc. XV/XVI (Calado, 1994), e na cidade em si, chamada a “ilha”.

O único registo patrimonial identificado durante os trabalhos de abertura de valas e perfurações foi uma estrutura (muro), na Rua do Juncal, tendo-se verificado, depois do registo e do desmantelamento da mesma, que se tratava de uma estrutura contemporânea, feita de betão armado. Interpretou-se como um muro de sustentação de terras para possibilitar a construção da estrada de acesso ao bairro adjacente (Prageira).

Recolheram-se alguns materiais, nomeadamente de época romana, junto ao sítio de Morraçal da Ajuda (CNS 11693) – material cerâmico ânforico –, e de época moderna, em contextos remexidos, sobretudo cerâmica, vidro, metal e fauna.