Travessa dos Ferreiros a Belém, 33-39, Lisboa

A ERA levou a cabo acções de acompanhamento arqueológico no âmbito do empreendimento da EPAL – Unidade de Manutenção de Lisboa entre os n.ºs 33 e 39 da Travessa dos Ferreiros a Belém, em zona de Nível 2 segundo o PDM. Estes trabalhos foram adjudicados pela EPAL, SA e decorreram entre os dias 31 de Janeiro e 1 de Fevereiro de 2012.

No decurso da abertura de uma vala de 30 m de comprimento, foi detectada a presença de uma estratigrafia linear de depósitos recentes e dois caneiros de águas pluviais, ambos de cronologia contemporânea, tendo sido sujeitos a registo gráfico e fotográfico e, num dos casos, a desmonte parcial acompanhado.