Departamento de Novos Abastecimentos da EPAL, Lisboa

No âmbito das empreitadas do Departamento de Novos Abastecimentos (NVA) da EPAL (actual UML – Unidade de Manutenção de Lisboa), estas acções de acompanhamento arqueológico realizaram-se entre 2008 e 2010.

Os trabalhos em questão implicaram um modelo de actuação adequado às especificidades de planeamento das empreitadas promovidas pelo Departamento de Novos Abastecimentos, caracterizadas, genericamente, por uma curta duração e uma rapidez de execução, normalmente com impactes no subsolo muito uniformes e tipificados.

Constatou-se que, de uma maneira geral, as movimentações de terras incidiram sobre espaços já remexidos no decurso de anteriores colocações de infraestruturas. Porém, detectaram-se estruturas arqueológicas na Rua de São Nicolau e na Travessa Nova de São Domingos. Nas demais intervenções não foi detectada qualquer evidência contextual preservada de carácter arqueológico.

Os labores de acompanhamento arqueológico constituíram uma eficaz medida de mitigação de impacte, contribuindo para a salvaguarda do conhecimento histórico da cidade de Lisboa e para uma salutar aplicação das políticas de ordenamento do território.