Coimbra

Complexo Arqueológico dos Perdigões

Classificado como Monumento Nacional, os Perdigões são um grande complexo arqueológico, abrangendo uma área de cerca de 20 ha, cuja fundação remonta ao Neolítico Médio.

Cruz de Celas

Os trabalhos arqueológicos realizaram-se numa das áreas de estacionamento do empreendimento Celas Studio Residence localizado na zona de protecção da DGCP do Mosteiro de Santa Cruz de de Celas classificado como Monumento Nacional.

Portugal dos Pequenitos

O plano de trabalhos aprovado preconizou a realização de 3 sondagens de diagnóstico de 4X4 metros, perfazendo uma área de 48 metros quadrados, equidistantes e implantadas em áreas a afectar directamente pela mobilização de solos no decurso dos trabalhos de implantação do projecto.

Rua da Infantaria

Dos trabalhos realizados, deve-se realçar o aparecimento de um nível de calçada e um alinhamento de lajes junto à face leste do Centro de Recrutamento do Quartel de Santana em frente ao nº 4 da Rua Sousa Refoios, aquando da abertura de uma caixa para instalação de infraestruturas de comunicações. Quando da abertura da vala que sai desta caixa em direcção ao Quartel de Santana foi também identificada, e recolhida, uma base de coluna descontextualizada no enchimento de uma vala previamente aberta.

Ponte Europa, Rio Mondego (Coimbra)

A ERA Arqueologia realizou um diagnóstico arqueológico na área de construção do projecto da Ponte Europa, na margem esquerda do rio Mondego (Coimbra).

EN 235, variante Oliveira do Bairro/Sangalhos

A ERA-Arqueologia foi contratada para realizar um Estudo de Impacte Patrimonial (Património Arqueológico e Construído) no âmbito do Estudo de Impacte Ambiental do troço da EN 235, variante Oliveira do Bairro/Sangalhos.

A14 Variante EN234 - Pinhal Novo

Estes trabalhos arqueológicos enquadraram-se nas acções de minimização de impactes sobre o património arqueológico do empreendimento da A14.

A14 Variante EN234 - Várzea 3

As escavações arqueológicas no sítio da Várzea 3 decorreram da identificação de vestígios durante os trabalhos de acompanhamento arqueológico da obra de ligação à EN 234-1 da A 14.

Barros 3 - Portunhos, Cantanhede

Os objectivos destes trabalhos passavam por determinar o grau de preservação e a caracterização e a avaliação do valor científico e patrimonial dos vestígios arqueológicos deste sítio, bem como a definição dos limites espaciais da ocupação Paleolítica neste local.

Pedreira do Areeiro da Guia

Estes trabalhos surgiram no âmbito do Estudo de Impacte Ambiental da área a ser afectada pela implantação/laboração da Pedreira do Areeiro da Guia, concelho de Pombal, visando proceder a uma avaliação do impacte provocado pela mesma no que se refere a património construído e arqueológico.

Cruz de Celas, Coimbra (Diagnóstico)

A realização de sondagens de diagnóstico teve como objectivo a recolha de dados que permitissem programar a minimização de impactes sobre o património decorrentes da implementação do projecto de construção de um empreendimento imobiliário.

Cruz de Celas, Coimbra (Acompanhamento)

Durante estes trabalhos de acompanhamento foram cumpridas as medidas de minimização propostas após as duas intervenções arqueológicas realizadas no local (sondagens de diagnóstico e escavação em área).

Lote 2 do IC3 – Avelar Norte/Condeixa, sítio de Ribeiro das Aradas

Os trabalhos arqueológicos realizados no sítio de Ribeiro das Aradas enquadraram-se numa perspectiva de minimização de impactes patrimoniais das obras da subconcessão do Pinhal Interior.

Sítio de S. Simão, Capela de Nossa Senhora da Graça, Penela

No âmbito de um parecer do IGESPAR para a construção de uma moradia unifamiliar junto à Capela de Nossa Senhora da Graça, no concelho de Penela, a ERA realizou trabalhos de avaliação patrimonial no sítio de S. Simão.

São Simão, Penela (2ª intervenção)

Esta intervenção representou uma nova fase de trabalhos em São Simão, consistindo na realização de duas sondagens, no corte NO, com o objectivo de compreender o impacte da obra sobre o património existente.

Sítio da Amoreira, São Martinho de Árvore, Coimbra

As sondagens arqueológicas realizadas no âmbito do empreendimento (em projecto) da construção de um Centro Cultural no sítio da Amoreira foram adjudicadas pela Câmara Municipal de Coimbra.

Igreja de Santo António, Montemor-o-Velho

Os trabalhos de diagnóstico de conservação e restauro realizados no âmbito do projecto “Recuperação da Igreja de Santo António” foram adjudicados à ERA pela Câmara Municipal de Montemor-o-Velho.

Ruas Sousa Refoios e Infantaria, Coimbra

Efetuou-se o acompanhamento arqueológico da abertura de 76 metros de vala e três caixas para instalação de infraestruturas de comunicações da Portugal Telecom.

Subconcessão do Pinhal Interior, Lote 2, Avelar/Condeixa, Senhora da Alegria 2

Neste local, haviam sido identificados, durante o acompanhamento arqueológico da empreitada, vestígios correspondentes a uma mancha de material de época provavelmente Neolítica.

Subconcessão do Pinhal Interior, Lote 2, Avelar/Condeixa, Abrigo do Inferno

No âmbito do acompanhamento arqueológico das obras, haviam sido identificados neste local vestígios de carácter arqueológico, tratando-se de dois pequenos abrigos formados pela erosão lateral diferenciada do substrato arenítico.

Subconcessão do Pinhal Interior, Lote 2, Avelar/Condeixa, Chão de Lamas

Verificou-se a inexistência de contextos arqueológicos preservados, uma vez que a mancha de materiais identificada no decorrer do acompanhamento arqueológico correspondia à formação de uma acumulação sedimentar correspondente ao nível freático de uma linha de água.

Subconcessão do Pinhal Interior, Lote 2, Avelar/Condeixa, Lamas

Foram escavadas e registadas duas estruturas negativas escavadas no substrato estéril de funcionalidade desconhecida. A primeira, pela sua forma oval alongada, poderia sugerir uma estrutura funerária, porém, não foram identificados vestígios a corroborarem esta hipótese.

Igreja de Santo António, Montemor-o-Velho

Os trabalhos de escavação e exumação do material osteológico identificado no âmbito da empreitada de reabilitação da Igreja de Santo António puseram a descoberto uma fracção da necrópole aí estabelecida.

Cofinanciado por: