Levantamento de Estruturas

Barragem dos Minutos

Projecto de coordenação geral dos trabalhos arqueológicos que decorreu no âmbito de prevenção e minimização de impactes sobre o património arqueológico. Resultaram, deste âmbito, inúmeras intervenções a diversos níveis nos sítios localizados na área afectada pela obra.

Forte da Graça, Elvas

A ERA integrou, ao nível da arqueologia e da conservação e restauro, a equipa que concretizou para a Câmara Municipal de Elvas um vasto projecto de reabilitação do Forte da Graça.

Forte de São Vicente de Torres Vedras

A ERA executou trabalhos arqueológicos e de conservação e restauro no âmbito do projecto de recuperação do Forte de São Vicente em Torres Vedras, monumento protegido juridicamente como imóvel de interesse público. Estes trabalhos foram adjudicados à ERA – Arqueologia S.A. pela Câmara Municipal de Torres Vedras e decorreram em 2011.

Moinhos de Água, Alqueva

A ERA concretizou um estudo aprofundado sobre todo o património construído e humano relacionado com os moinhos de água inseridos na área a afectar pela Barragem do Alqueva.

Calçada Bento Rocha Cabral, nº 1, Lisboa

A ERA Arqueologia procurou determinar o percurso do Aqueduto das Águas Livres no subsolo de uma área específica, modo que as obras de remodelação de um edifício pudessem ser estruturadas de forma a não afectar o monumento.

A2 – Lanço Gomes Aires/VLA, Almodôvar

A ERA levou a cabo, em Agosto e Setembro de 1999, um levantamento do património arqueológico e construído na zona a afectar pela construção da autoestrada A2 - Lanço Gomes Aires/VLA

Alcaria - Circuito Arqueológico da Cola

A pedido do IPPAR, a ERA levou a cabo, em 1999, trabalhos arqueológicos e de conservação e restauro nos núcleos de Alcaria.

Campo 24 de Agosto (Metro do Porto)

A intervenção enquadrou-se numa perspectiva de arqueologia preventiva no âmbito dos trabalhos de construção da Estação do Campo 24 de Agosto, referente à Linha C do Metro do Porto.

Parques Eólicos das Beiras - Balocas e Serra da Cebola

Nesta intervenção foram consultadas bases de dados, bibliografia específica e inventários sobre este tema, sendo também realizados trabalhos de prospecção selectiva e sistemática no local.

Parques Eólicos das Beiras - Pedras Lavradas

Na área a afectar por este parque identificaram-se três grupos de arte rupestre de elevado interesse científico e valor patrimonial. Estas gravuras teriam que ser submetidas a um processo de preservação durante a fase de construção e exploração, sendo importante dar início à sua investigação.

Herdade do Reguengo, Mexilhoeira Grande

Esta intervenção consistiu no levantamento documental, bibliográfico e cartográfico sobre o património existente, procedendo-se, de seguida, a trabalhos de prospecção sistemática.

Porto de Ponta Delgada

A ERA-Arqueologia levou a cabo a inventariação do património arqueológico e arquitectónico no âmbito do Estudo de Impacte Ambiental da área a afectar pelas Obras de Ampliação e Reordenamento do Porto de Ponta Delgada.

Parque Eólico de Testos

Levaram-se a cabo trabalhos de prospecção sistemática e levantamento bibliográfico no âmbito do Estudo de Incidências Ambientais do Parque Eólico de Testos.

Parque Eólico do Monte do Tolo, Vila do Bispo

A inventariação do património arqueológico e arquitectónico no âmbito do Estudo de Impacte Ambiental da área afectada pela implantação deste parque eólico foi adjudicada à ERA-Arqueologia pela Strixplus, Consultadoria e Gestão, Lda.

Rede Ferroviária de Alta Velocidade, Troço Montemor-o-Novo/Évora

Estas acções incluíram uma fase prévia de pesquisa bibliográfica e documental, uma segunda fase de prospecções arqueológicas e, finalmente, a elaboração de um parecer técnico com o inventário e avaliação patrimonial, avaliação de impactes e proposta de medidas de minimização.

EPAL - Avenida Infante D. Henrique e Rua dos Caminhos de Ferro, Lisboa

Esta intervenção consistiu no acompanhamento arqueológico da abertura de valas para colocação das novas infra-estruturas da rede de distribuição de água da EPAL.

Parque Eólico de Alto da Folgorosa

O trabalho efectuado contemplou a realização de um levantamento bibliográfico/documental, bem como de prospecções sistemáticas, resultando na inventariação de 12 sítios de valor etnográfico e 3 sítios de valor arqueológico, dos quais 2 foram alvo de propostas para medidas de minimização específicas.

IC17 – CRIL, lanço Buraca / Pontinha

Esta intervenção respeitou às especificações de salvaguarda do património cultural, directa ou indirectamente afectado no decurso das actividades de construção da CRIL, sublanço Buraca/Pontinha.

Avenida Infante D. Henrique (Campo das Cebolas/Praça do Comércio), Lisboa

Este trabalho de acompanhamento arqueológico surgiu no âmbito do projecto de construção de um troço de conduta elevatória na Avenida Infante D. Henrique, entre o Campo das Cebolas e a Praça do Comércio.

Aproveitamento Hidroagrícola de Alvito-Pisão, Quinta de S. Pedro

Estes trabalhos visaram diagnosticar o potencial científico e patrimonial do sítio, caracterizar as estruturas arqueológicas existentes e minimizar o risco da afectação negativa do sítio pelas obras previstas para este espaço.

Rua Vítor Cordon, nº 9 a 13, Lisboa

Estes trabalhos de acompanhamento arqueológico visaram a minimização de impactes sobre eventuais vestígios patrimoniais a serem afectados pela (re)construção de um novo edifício habitacional.

Instalação de cabos de fibra óptica, freguesia de Santa Isabel, Lisboa

O acompanhamento arqueológico efectuado no âmbito da abertura de valas para instalação de cabos de fibra óptica teve como finalidade a minimização de impactes sobre eventuais vestígios patrimoniais.

Zona da Central Fotovoltaica de Ferreira do Alentejo

Estes trabalhos tiveram como objectivo a prospecção sistemática e caracterização exaustiva da valência patrimonial da área a afectar pela construção da central fotovoltaica.

Carta Arqueológica de Vila do Bispo

Esta intervenção visou uma actualização da Carta Arqueológica do concelho de Vila do Bispo e constituiu uma base fundamental para futuros projectos de inventariação, estudo, digitalização e divulgação do património arqueológico.

Pia do Penalva, Praça do Príncipe Real

Solicitada pela EPAL, a ERA realizou o acompanhamento arqueológico no âmbito do projecto de reforço da abóbada da clarabóia da Pia do Penalva.

Zona da Central Fotovoltaica de Ferreira do Alentejo (2ª intervenção)

Esta intervenção enquadrou-se numa perspectiva de diagnóstico arqueológico decorrente dos trabalhos de levantamento patrimonial realizados na área a afectar pela construção da Central Fotovoltaica de Ferreira do Alentejo.

Rota Histórica das Linhas Defensivas de Torres Vedras

A ERA-Arqueologia efectuou o diagnóstico do estado de preservação e plano de recuperação e arqueologia de diversos fortes pertencentes ao circuito das Rotas Históricas das Linhas Defensivas de Torres Vedras.

IC36 – Variante Leiria, sítio de Quinta de S. Venâncio

Numa perspectiva de minimização de impactes sobre o património cultural decorrentes da execução da IC36 Variante Leiria, preconizou-se o levantamento gráfico e fotográfico e a memória descritiva de elementos patrimoniais observados no decurso do acompanhamento arqueológico da obra.

Cidadela de Cascais (registo ortofotográfico)

O objectivo foi a preservação, pelo registo, da Porta de Mar da Cidadela de Cascais, dado que o tecto da referida estrutura teria que ser sujeito a afectações no âmbito da empreitada de reabilitação da Cidadela.

Rua Presidente Arriaga, 19-27, Lisboa

Os trabalhos de acompanhamento arqueológico referentes ao projecto executado na Rua Presidente Arriaga decorreram entre 15 de Dezembro de 2016 e 3 de Janeiro de 2017.

Rua da Madalena, 89-93, Lisboa

Esta intervenção consistiu num levantamento minucioso do estado de conservação específico dos objetos identificados ao longo da análise das campanhas decorativas presentes in loco.

Rotas das Linhas Defensivas de Torres Vedras, Núcleo da Serra da Aguieira

O diagnóstico do estado de preservação e plano de recuperação e arqueologia dos Fortes 40, 41 e 42, pertencentes ao circuito das Rotas Históricas das Linhas Defensivas de Torres Vedras foi requerido à ERA pelo Município de Vila Franca de Xira.

Convento de Jesus (Setúbal) - Levantamento e Análise do Edificado

Esta intervenção consistiu no levantamento ortofotográfico e na análise do edificado do Convento de Jesus, em Setúbal, com vista a fornecer ferramentas que permitissem à DGPC, em conjunto com os projectistas do processo de reabilitação, estabelecer as mais adequadas estratégias de abordagem ao edifício.

EPAL - Rua de Santa Cruz do Castelo, 52-56, Lisboa

A intervenção da ERA pressupôs a observação de movimentações no subsolo, tendo a estratigrafia detectada revelado um grau de revolvimento muito elevado, provocado pela introdução de infraestruturas.

Programa Polis do Litoral Sudoeste, Praia do Burgau, Vila do Bispo

A prospecção sistemática visou a identificação, descrição, localização, classificação e inventariação de elementos de interesse arqueológico, histórico e etnográfico construído na área a afectar pela empreitada.

Plano de Urbanização da Entrada Norte da cidade de Setúbal

Na fase inicial foi efetuado um levantamento bibliográfico, cartográfico e documental dos sítios arqueológicos localizados na proximidade da área de afetação. Posteriormente, realizou-se a prospeção sistemática de toda a área a intervencionar.

Castelo de Montemor-o-Novo

Estes trabalhos de prospeção geofísica resultaram de uma solicitação da Câmara Municipal de Montemor-o-Novo (CMMN) e enquadraram-se no projecto de investigação em torno do Castelo de Montemor que a CMMN vinha desenvolvendo através do seu gabinete de arqueologia.

Forte de São João de Deus, Bragança

Levaram-se a cabo trabalhos de conservação e restauro sobre vestígios arqueológicos detetados no Forte de São João de Deus, em Bragança.

Pátio da Fábrica da Goma, Campo de Santa Clara, n.º 78, Lisboa

No que concerne às sondagens realizadas no subsolo, os contextos intervencionados estavam grosso modo associados a diferentes fases de ocupação do espaço em época contemporânea, com vestígios predominantemente de cariz industrial.

Circuito Hidráulico Amoreira-Caliços, Monte dos Cotéis 3

A intervenção revelou a existência de um edifício com uma planta composta por 4 compartimentos nos quais foram identificados vários conjuntos de buracos de poste e dois silos, assim como uma zona correspondente a um espaço exterior. Esta ocupação foi enquadrada entre o século XVI e a primeira metade do XVII..

Convento de São Bernardo, Portalegre

As obras de reabilitação estrutural realizadas nos muros perimetrais do refeitório da GNR de Portalegre implicaram a afetação de áreas com potencial arqueológico, já que se desenvolviam na Zona Especial de Proteção dos Claustros e Igreja de São Bernardo.